OU

A função OU é nativa do Excel e faz parte do grupo de funções lógicas.


Introdução

Semelhante à função E, OU também é simples: ela retorna VERDADEIRO quando pelo menos um dos argumentos resultar em VERDADEIRO. Apenas se todos os argumentos retornarem FALSO, a função também retornará FALSO.

Veja um exemplo:

A fórmula em B4 é:

=OU(B2>100;B2<100)

Como pelo menos uma das duas condições está sendo satisfeita, o resultado da fórmula é VERDADEIRO.

Você pode entrar até 255 argumentos no OU se usa o Excel 2007 ou superior e é obrigatório pelo menos entrar com 1 argumento.

Se você entrar com números nos argumentos, todo número diferente de 0 será considerado VERDADEIRO e o 0 será considerado como FALSO:

Infelizmente a função OU não é otimizada. Em outras palavras, Se tivermos uma fórmula como =OU(25<10;1+1=3;10+10=20), o Excel não irá interromper os cálculos após avaliar que o primeiro parâmetro por si só faz a função retornar VERDADEIRO. O Excel processa e calcula todos os outros parâmetros, mesmo que retornem FALSO.

Erros

Se pelo menos um dos argumentos for texto, a função resultará em #VALOR!:

A fórmula em B5 é:

=E("Felipe";B2<B3)

Se pelo menos um dos argumentos for erro, a função resultará no erro da mesma natureza, mesmo que o erro esteja por último e o primeiro argumento da função seja VERDADEIRO:

Download

Para fazer download da pasta de trabalho usada neste artigo, clique aqui.

Sobre Felipe Gualberto

Microsoft Most Valuable Professional (MVP) de Excel.
Esta entrada foi publicada em Tutoriais e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.